Rebeldes

REBELDES
A história da turma do Elite Way ganhou proporções inimagináveis, que transcendeu as telinhas. A banda fictícia de Alice, Diego, Carla, Tomás, Pedro e Roberta fez tanto sucesso que se tornou real e faz shows por todo o Brasil.

Parabéns à novela Rebelde, tão nova e tão importante para os adolescentes de todo país! "Nosso coração será rebelde para sempre!”
"Thurma da Redação"

O rala-e-rola entre Juju (Juliana Rolim) e Vinicius (Antonio Jorge), em Rebelde (Record), é o momento mais comentada da novela. Os alunos do Elite Way estão convencidos de que querem ter sua “primeira vez”. Mas tudo tem seu tempo. 
Primeira Vez
O assunto é a primeira vez de Juju na trama, mas não vamos falAr o que irá acontecer, mas vamos trazer uma matéria incrível sobre essa questão.

PRIMEIRA RELAÇÃO SEXUAL
Essas questões relacionadas a primeira relação sexual, é de extrema importância ser tratada de uma forma natural, já que estamos no século XXI e muitos tabús já foram quebrados e deixados para trás, apesar que jovem é jovem em qualquer época, precisa e tem sede de informação.
Nest post, vamos falar sobre as 10 principais dúvidas que o adolescente tem e que ainda, por incrível que pareça, não consegue dialogar com os pais, porque alguns deles ainda possuem preconceitos na hora de falar sobre sexo e sexualidade com seus filhos. 
1. A primeira grande, digamos assim, "pilha", na hora de transar é saber a hora certa para isso. Essa tão famigerada hora não existe.
O que existe são as condições biológicas, tanto do homem quanto para a mulher. A a mulher está pronta para sua iniciar sua vida sexual a partir da primeira menstruação e o homem a partir da primeira ejaculação. Tudo também depende de fatores emocionais e sociais. 
Existem as DSTS (DOENÇAS SEXUALMENTE TRANSMISSÍVEIS), a tal da gravidez indesejada, o não uso da camisinha, a imaturidade para entender a necessidade do uso dela, e todas as outras questões psicológicas, que acarretam um ato inconsequente e que indicam uma prematuridade para ter essa primeira relação sexual...
2. Antes de ir partindo para o ataque, leia, informe-se, pergunte para uma pessoa de confiança, de preferência sempre aos seus pais, mesmo se você os acha caretas, fale, é melhor sua mãe, pelo menos saber que você tem o interesse em se relacionar, ela com certeza irá te ajudar, mesmo que fique irredutível em um primeiro momento. Todos os pais por mais difíceis que sejam querem o melhor para seus filhos. (você vai dizer que os seus não adianta são "broncos" isso ou aquilo, mas te garanto, eles sabem como nós ajudar).
3. Não quero que esse post parecer receita de bolo, mesmo porque, mesmo a receita de bolo, cada um faz com suas características e sempre muda um pouquinho, para dar um certo toque diferente no resultado final. Minha terceira preocupação é quando você já conversou com sua mãe, tia, ou alguém responsável e da família, e está rumo a concepção do ato em sí. A tal sonhada, primeira vez, parece clichê, mas é isso mesmo, ela tem que ser com uma pessoa que, pelo menos te respeita, te dá carinho, atenção, se possível paixão e/ou amor. Porque disso, existem mulheres que na primeira relação sexual, sente muita dor, ficam nervosas, se travam toda, mesmo encontrando um "cara" com todos as qualidades do mundo, então seja sincera diga para ele ir devagar, para ele não insistir quando você der o sinal vermelho, porque no final ele estará igual ao começo e se você não avisá-lo, da tal dor, você estará frustrada, dolorida e confusa sobre a questão de se relacionar novamente.
4. A questão do Nervosismo é um processo natural, afinal trata-se da primeira vez. O mundo parece não existir e todas as dificuldades vêem a tona. Na hora "H" pode acontecer de travar e nada acontecer. A conversa é muito importante com o seu parceiro, pois com o travamento não tem penetração e a insistência pode machucar pode machucá-la. 
5. Transe somente se estiverem certos disso. A primeira relação sexual é difícil sim, é incomoda, e às vezes, a penetração pode não ocorre na primeira ou segunda tentativa, mas o mais importante é vocês criarem intimidade, não importa quanto tempo seja necessário para isso.
6. Não sentir prazer na relação sexual. é muito difícil mesmo com todas essas questões de ordem social, emocional, sentimental, entre outras acontecendo ao mesmo tempo na vida de um jovem. "Pessoas" dificilmente alguém consegue desfrutar da primeira vez. A expectativa e a tensão interferem diretamente no prazer porque impedem a lubrificação vaginal e fazem a musculatura da região contrair, dificultando a penetração. Sabe aquelas cenas românticas de primeira transa nas novelas e nos filmes? É coisa de novela e cinema mesmo.
7. Transar e engravidar na primeira relação é muito comum sim, devido a vários fatores como ansiedade, hormônios e claro, o não uso da camisinha é preciso e fundamental não só pensar em evitar a gravidez, como realmente evitá-la, mesmo porque nem sempre na primeira relação é com o "cara"que você irá casar. 
O ideal é que os dois tenham a consciência do uso da camisinha. E sem o medo de engravidar tudo fica bem melhor. Lembre-se, sexo, além de desejo, exige responsabilidade. Afinal, o que se quer como resultado da primeira vez: boas recordações ou um grande drama? Fiquem ligados e pensem nisso.
8. Uma outra questão que causa muita dúvida é sobre ir ou não ao médica antes da primeira relação. Precisar, não precisa. Mas seria interessante. É recomendado à mulheres que nunca tiveram relações sexuais irem ao ginecologista de dois em dois anos a partir da primeira menstruação, além de fazer um check-up na saúde, poderá conversar com o médico sobre os métodos contraceptivos e tirar dúvidas a respeito. A ajuda e as orientações de um médico sempre é bom. 
9 . Os meninos, também tem lá suas dúvidas sobre a primeira vez, e questões do tipo, irá doer ou não, se sangra ou não, entre outras. Meninos em tese a primeira vez não dói, a menos que a penetração fique difícil por causa da tensão da menina. Aí na hora " H " pode ser sofrido pra ele também. Outra possibilidade de o menino sentir dor, e sangrar, é se houver rompimento do freio do pênis, uma pequena prega na mucosa que liga a glande ao prepúcio e que limita os movimentos deste durante a relação. Isso não deve acontecer, mas se, os jovens que têm freio curto, e não conseguem puxar totalmente o prepúcio por causa disso, devem procurar um urologista antes de começarem a ter relações sexuais.
10 . Lembrem-se: Ninguém deve transar por pressão do namorado, dos amigos ou do pai (no caso dos meninos). Seu namorado deve compreender e respeitar (sua vontade). Se ele for incapaz de fazer isso, não serve como namorado de mulher nenhuma!
By JBracco
Pós-graduado - Filosofo - Pedagogo - Professor
com curso em Sexualidade Humana/Instituto Kaplan e Johnson & Johnson.
É o nosso novo Colunista RTBG|Sua vida mais completa!
Envie suas dúvidas para nós através de email ou comentários abaixo.